Pular para o conteúdo

APEX:15 anos de existência e 2 décadas de balanço existencial

Para celebrar o marco, a instituição promoveu a Semana da Maxiproéxis e lançou Cápsula do Tempo

A Associação Internacional de Programação Existencial (APEX), completou 15 anos de sua fundação em fevereiro de 2022, com atividades voltadas a estimular o estudo, a pesquisa e a vivência da Proexologia..

Turma de alunos do Balanço Existencial, 2013. (Foto: acervo da APEX)

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on telegram
Share on twitter
Share on email
Share on print

As celebrações se iniciaram em 25 de fevereiro com uma live comemorativa, transmitida via Youtube, abrindo a Semana da Maxiproéxis. Esta foi marcada pela defesa de 10 verbetes, apresentados diariamente na Tertúlia Conscienciológica por autopesquisadores voluntários da instituição, além do tradicional curso Balanço Existencial, oferecido pela APEX todos os anos durante o período de carnaval.

O Balanço Existencial também comemora um marco histórico este ano: a 20ª edição do curso, a qual representa uma conquista para todos os voluntários e voluntárias empenhados em compartilhar o conhecimento acumulado sobre Programação Existencial.

Para André Shataloff, voluntário e Secretário Geral da APEX, chegar a 2 décadas de existência, um curso que reflete o propósito de vida das pessoas, significa focar em um tema avançado da Conscienciologia.

"Todo mundo que fez curso intermissivo tem uma programação existencial, logo, temos que investir em estudos da Evoluciologia, promovendo um avanço pessoal e grupal enorme, e assim, gerar mais verpons em nossas pesquisas."

André Shataloff

Durante a Semana, também foi lançada a primeira ‘Cápsula do Tempo’ com material escrito por voluntários da Conscienciologia e participantes do Balanço Existencial deste ano. O objetivo é ser um meio de comunicação com futuros intermissivistas e conscienciólogos. A cápsula foi enterrada ao lado do Laboratório de Autoproexologia, localizado no Centro de Altos Estudos da Conscienciologia (CEAEC), com previsão de abertura no ano de 2072.

André Shataloff, enterrando cápsula do tempo no CEAEC. (Foto: Acervo da APEX)

15 Anos de atividades interassistenciais

No dia 20 de fevereiro de 2007 nascia a APEX com a finalidade de fomentar a pesquisa e a educação sobre o ‘Propósito de Vida’ e a evolução pessoal e grupal a partir do Paradigma Consciencial.

A proposta de criação da APEX foi lançada na ocasião da atividade da Tertúlia Conscienciológica, no dia 04 de julho de 2006, pelo pesquisador e propositor da Conscienciologia, Waldo Vieira. A Proexologia foi apresentada no livro Manual da Proéxis em 1997 e se consolidou como uma especialidade da Conscienciologia.

Em sua fundação e no decorrer dos primeiros 3 anos de vida, a APEX contou com a colaboração voluntária de 39 pesquisadores, dentre eles o voluntário Laênio Loche, que esteve à frente da instituição como Secretário Geral no primeiro triênio. Loche participou da live promovida pela IC e fez observações sobre o trabalho da APEX durante os últimos quinze anos:’

"Nós vivemos hoje a era da proéxis, e a APEX, através de seus voluntários, tem duas funções em relação aos Cursos Intermissivos: uma COMPLEMENTAR, ao dar suporte à realização das proéxis dos intermissivistas (rumo); e outra SUPLEMENTAR, ao auxiliar na identificação de extraproéxis e preparação para o próximo Curso Intermissivo."

Laênio Loche
Evento de Fundação da APEX com a equipe de voluntários. (Foto: Acervo da APEX)

A história da APEX é pontuada por trabalhos parapedagógicos. Com o propósito de estimular o debate e as pesquisas sobre a Programação Existencial, a IC disponibiliza uma série de cursos, aulas, palestras e materiais técnicos para o público em geral. Atividades como:

Identificação das Diretrizes da Proéxis — curso itinerante que auxilia os autopesquisadores a compreenderem as diretrizes de suas programações existenciais.

Autogestão Existencial — curso ofertado desde 2007 com o objetivo de perceber a autorganização como ferramenta para a execução apropriada da autoproéxis.

Dinâmica Parapsíquica Aplicada à Proéxis — oferecida semanalmente desde 2006 no CEAEC, é uma dinâmica específica para estimular o desenvolvimento do parapsiquismo. Esteve suspensa de 2020 a abril de 2022 em virtude da pandemia da Covid-19.

SEAPEX – Serviço de Apoio à Programação Existencial — auxílio técnico efetuado por equipe especializada e prestado a quem precisar entender melhor a proéxis pessoal, para conciliar as diversas áreas da vida, melhorar o autodesempenho proexológico, tomar decisões críticas e outras demandas de caráter pessoal.

A atividade gratuita é ofertada na APEX em Foz do Iguaçu e em algumas itinerâncias. Os atendimentos começaram em 2007 e já atenderam 1.435 pessoas (de julho de 2007 à novembro de 2021).

"Com o crescimento da instituição, teremos cada vez mais proexólogos aptos a expandir os atendimentos do SEAPEX, que é um serviço muito importante, inclusive sendo porta de entrada para que muitas pessoas conheçam a Conscienciologia."

André Shataloff

Balanço Existencial

O Balanço Existencial, uma das principais atividades da APEX, surgiu em 2003, em um momento de necessidade de um curso no qual se pudesse pensar sobre a vida, ou seja, nos acertos, conquistas, erros, omissões, ajustes e correção de rota de cada conscin. Era realizado pelo CEAEC e, a partir de 2007, a APEX assumiu sua coordenação.

No decorrer dessas duas décadas de Balanço Existencial, a dinâmica evoluiu trazendo diversificação de atividades e casuísticas, juntamente com momentos dedicados à autorreflexão e autopesquisa. Por meio de metodologia específica, o curso permite que o(a) proexista faça reflexões e pondere acerca do saldo de suas realizações pessoais.

Em 20 edições, participaram do Balanço Existencial mais de 1.800 conscins, com uma média de 97 participantes por ano, e cerca de 350 professores atuaram nas atividades do curso.

Durante a pandemia da Covid-19 (2021 – 2022) a metodologia foi revisada. O instrumento de autoavaliação existencial proexométrico foi atualizado para proporcionar ao autopesquisador uma análise mais realista do saldo de sua vida em todas as áreas, tais como profissão, relacionamentos, família, vida financeira, voluntariado, parapsiquismo, etc. O(a) autopesquisador(a) finaliza sua participação no Balanço Existencial elaborando um plano de ação para os próximos 3 a 5 anos, contemplando metas e estratégias para a autorrealização.

O XIX Balanço Existencial (2021), ocorreu pela primeira vez de forma virtual e remota, com tradução simultânea para o inglês e o espanhol, contando com seu maior público, mais de 200 participantes em diversas partes do mundo.

Este ano o formato foi mantido por conta do agravamento dos casos de internações e mortes na pandemia (no período em que o curso foi realizado), mas a instituição já planeja continuar oferecendo a opção do curso online nas próximas edições para viabilizar, principalmente, a participação do público internacional que vem crescendo de forma constante.

Turma Balanço Existencial, 2011. (Foto: Acervo da APEX)
Parte da turma do Balanço Existencial online, 2020. (Foto: Acervo da APEX)

Experiência na educação a distância

A relação da Instituição Conscienciocêntrica com a Educação a Distância ocorre de longa data: em 2008, a APEX começou a oferecer gratuitamente palestras online, disponibilizadas através de seu site aos sábados à tarde. No segundo semestre de 2010, também passou a ofertar o curso Introdução à Programação Existencial na modalidade EAD.

Mas, foi em 2020 que ocorreu um salto expressivo na virtualização da educação dentro da APEX. O primeiro curso lançado de forma online, ainda sem edições presenciais, foi o Ciclo Proéxis, um curso dividido em 8 módulos independentes e complementares para expor um panorama geral sobre as pesquisas da Proexologia.

Outros cursos, oficinas e lives oferecidos online foram pontos altos da APEX durante o período de suspensão das atividades presenciais. Tanto que o plano é manter a oferta das mesmas em concomitância com o retorno das atividades presenciais.

Campus da Proexologia e os planos para o futuro

Atualmente, o corpo de voluntários da APEX soma 49 pessoas em 7 países diferentes (Brasil, Alemanha, Portugal, Estados Unidos, Suíça, Inglaterra e Espanha). Com sede em Foz do Iguaçu, PR e um centro educacional em Porto Alegre, RS, a APEX tem encarado o desafio de aglutinar conscins em diversas partes do país, e também do planeta, com planos corajosos para o futuro da especialidade científica e da instituição.

André Shataloff explica que parte dos objetivos futuros da instituição é a ampliação de pesquisas e disseminação crescente deste conhecimento para o grande público, expandindo os conceitos iniciais propostos pelo pesquisador Waldo Vieira no livro Manual da Proéxis.

"Nosso desejo é fazer com que a Proexologia seja cada vez mais materializada no planeta."

André Shataloff

Com as comemorações dos 15 anos, a APEX retoma um antigo projeto: a materialização do Campus da Proexologia, pela oportunidade de proporcionar a todos(as) os(as) autopesquisadores(as) um espaço de homeostase energética e infraestrutura adequada para experimentos pessoais e grupais sobre a proéxis pessoal.

"Além de favorecer a teática dos interessados em pesquisar a Proexologia, um campus pode favorecer futuras ressomas de intermissivistas e a expansão do conhecimento."

finaliza o Secretário Geral.

Ações sobre o novo campus serão lançadas em breve no site e nas redes sociais da APEX. Acompanhe e confira as atualizações.

Projeto do futuro Campus da Proexologia. (Foto: Acervo da APEX)

Expediente da matéria:

Mais sobre

Em alta