Barbárie Consentida

Correlacões de instabilidades na conjuntura social brasileira

O autor José Elias Aiex Neto tem 6 livros e centenas de publicações em jornais e revistas nacionais. Dr. Aiex, como é conhecido, é psiquiatra renomado, não somente em Foz do Iguaçu, mas também no Paraná, onde exerceu funções de relevância no âmbito da Psiquiatria e da Saúde em geral.

 

A obra Barbárie Consentida tem na capa a explicação sobre a conteudística, “a correlação entre as instabilidades que marcam a conjuntura social brasileira na atualidade: a econômica e a emocional, a qual aponta para um estado de barbárie consentida pela sociedade.”

 

 Versa sobre a influência das condições econômicas na saúde mental das pessoas, evidenciando a banalização de certos comportamentos considerados aceitáveis, porém, em seu escopo, há interesses políticos e ideológicos afetando a vida das pessoas de maneira subliminar.


“A característica dessa sociedade doente é em decorrência dos valores que ela cultiva: individualismo, competição pelo ter, consumismo e imediatismo. Isso é contrário ao que eu, como todos nós, participantes da Conscienciologia, cultivamos: o Universalismo, a Cosmoética e a Megafraternidade” afirma o doutor Aiex. Sobre sua visão da evolução consciencial, o autor comenta que traz no prefácio do livro, uma frase escrita pelo prof. Waldo Vieira, em 1994: Sociopatia: a nossa socin (sociedade intrafísica) é, infelizmente, patológica. Isso significa que a população humana, é ainda, em grande parte, evolutivamente falando, doentia”.

 

Lançado em 16 de outubro pelo canal do YouTube da Epígrafe Editora e Livraria, o evento virtual continua acessível para quem quiser assistir. A obra está disponível na loja do CEAEC ou pelo Shopcons.

Barbárie Consentida (Foto: Epígrafe)

jornaldacognopolis.org © | Todos os direitos reservados.