Moises Bertoni: Una Vida Para La Ciencia

Uma personalidade à frente de seu tempo

A primeira tradução da Epígrafe Editora e Livraria foi a obra Moisés Bertoni: Una Vida Para La Ciencia, de Evaldo Buttura e Aline Niemeyer, no idioma espanhol, por ser nativo da localidade escolhida pelo biografado para desenvolver suas realizações na intrafisicalidade.

 

Personalidade à frente de seu tempo, polivalente, multidotado em diversas áreas, da Agronomia à Astronomia, da Cartografia à Linguística, da Meteorologia ao Comércio, foi empresário, criou a Estação Agronômica Experimental de Puerto Bertoni, observatório meteorológico e um museu de História Natural com mais de 40.000 espécies diferentes, sendo a mais conhecida a planta Stevia Rebaudiana Bertoni ou Ka’a He’ê ( em guaraní), a stevia, adoçante natural utilizado até os dias atuais.

 

Teve a própria editora e publicou mais de 500 obras de sua autoria, evidenciando, além da capacidade laboral incansável, a capacidade de produção mentalsomática nas mais diferentes áreas, além das já citadas: Educação, Entomologia, Etnologia, Fitoterapia, Geografia, Medicina, Mineralogia, Química, Sociologia, Topografia e Zoologia. 

 

O Colégio Bertoni de Foz do Iguaçu, nominado em homenagem a ele, atualmente com sede também em Ciudad Del Este, realizou, em 7 de novembro de 2020, o evento de lançamento com a autora e convidados, tendo em vista o autor ser hoje consciência extrafísica.

100fronteiras.com/brasil/noticia/colegio-bertoni

Moisés Bertoni: Una Vida Para La Ciencia (Foto: Epígrafe)

Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on tumblr
Share on email
Share on linkedin

Lançamentos

Deixe o seu comentário:

jornaldacognopolis.org © | Todos os direitos reservados.